Histórias inspiradoras

Homem dá as chaves do carro para mulher desconhecida em necessidade urgente, no dia seguinte seu marido bate na porta - História do dia

Um pai de família deu cegamente as chaves de seu carro caro a uma mulher desconhecida que implorou por ajuda. No dia seguinte, o marido bateu à porta e revelou algo que lhe deu calafrios na espinha.

Não é sempre que você conhece pessoas que confiam cegamente em seu carro caro com um completo estranho. Com os roubos de carros em alta, é sempre aconselhável não deixar seu carro perto de estranhos.



No entanto, existem algumas exceções, como Scott Davis, 33, que não pensou duas vezes quando uma mulher desconhecida se aproximou dele para pegar as chaves do carro, alegando uma 'emergência'.

O homem de família baseado em Charleston não viu o que estava por vir antes de sua decisão imprudente. Em vez de interrogar a mulher ainda mais, ele deu a ela as chaves de seu caro Toyota Camry. Mas acabou sendo um pesadelo inesquecível quando seu marido bateu à sua porta no dia seguinte com algumas notícias surpreendentes...

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pixabay

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pixabay



Scott e sua esposa Rebecca estavam fazendo compras com seus filhos no supermercado local em uma movimentada noite de sábado. Como era o dia de folga, eles decidiram abastecer a despensa com mantimentos para a semana inteira.

'E como você conhece minha esposa? Espere um minuto... o que está acontecendo?' Scott engasgou em choque.

'Ei, querida, cuidado com as malas', disse Scott enquanto seguia sua esposa até o carro. Eles carregavam grandes sacolas de compras enquanto seus filhos, Dave e Maria, pulavam para trás com seus pirulitos.

'Acho que ficaremos sem combustível', disse Scott. 'Nós vamos encher no caminho, ok? E se você quiser visitar a sala enquanto isso, eu posso esperar.'



Assim que ele estava prestes a destravar o carro, uma jovem desconhecida com um capuz vermelho veio correndo até ele, gritando por ajuda.

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Unsplash

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Unsplash

'Por favor me ajude!' a mulher soluçou. 'Por favor, me dê as chaves do seu carro. Há uma emergência!'

Scott e Rebecca ficaram intrigados. Eles se entreolharam incrédulos e se perguntaram sobre o que a mulher estava falando.

'E-espere... eu conheço você?' Scott perguntou à senhora. 'Desculpe, mas acho que não posso te dar meu carro.'

'Não, por favor', a mulher implorou. 'Meu nome é Amanda e preciso urgentemente de um carro para levar meu filho ao hospital.'

Scott ficou chocado. 'Ao hospital?' ele perguntou. 'O que aconteceu com seu filho?'

'Ele está bem ali', disse Amanda, apontando para um canto fraco no estacionamento. Scott e Rebecca a seguiram e o que viram ali causou arrepios na espinha.

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

'Oh meu Deus... Aqui, pegue as chaves do meu carro. E me dê o seu número de telefone. Eu vou te mandar o meu endereço', disse Scott, entregando as chaves de seu carro caro para a mulher. Ele ficou inquieto depois de ver o filho pequeno de Amanda deitado no chão. Parecia que ele havia tropeçado e machucado a cabeça, que estava sangrando.

Enquanto isso, Rebecca estava desconfiada. 'Querida, eu não acho que seja uma boa ideia apenas confiar em um estranho', disse ela. 'A última vez que você fez a mesma coisa, levamos uma semana para encontrar nosso carro velho que foi roubado pela pessoa que te pediu carona. Este carro é novo, e eu não quero que você corra esse risco novamente. .'

'Acalme-se, querida', disse Scott. 'Só estou tentando ajudar. Ela não me parece uma assaltante. Ela só me deu o número dela.' Ele entregou as chaves para a mulher, assumindo que tinha feito a coisa certa ao confiar em seus instintos.

'Obrigada, nunca esquecerei sua ajuda', disse Amanda, e colocou seu filho ferido Tom e duas filhas no banco de trás. 'Muito obrigada', disse ela, sorrindo, depois passou pelo portão do supermercado.

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

'O que fazemos agora?' Rebecca perguntou ao marido, preocupada. 'Espero que ela devolva nosso carro. Ou então, você vai aprender uma lição muito importante da maneira mais difícil.'

Scott de repente ficou preocupado também. Algo não parecia certo para ele, especialmente quando viu Amanda sorrindo ao sair, quando deveria estar preocupada com o filho ferido. Ele esperava que sua esposa não estivesse certa.

Ele voltou para onde Tom estava e se inclinou um pouco para verificar. Foi quando ele percebeu que o líquido carmesim que ele pensou ter vindo da cabeça de Tom não era sangue. Era um corante líquido vermelho inodoro.

'Oh, caramba... eu deveria ter ouvido você... acho que fomos roubados', disse ele e ligou para o 911.

'Roubado?' Rebeca repetiu. 'Ah, não, então nosso carro? Eu te disse, e é tudo culpa sua!'

Quando os policiais chegaram, eles começaram a investigar, e o que aconteceu a seguir levou a uma noite sem dormir para Scott.

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Unsplash

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Unsplash

'Sim, oficial, isso mesmo', disse Scott. 'Ela disse que seu nome era Amanda, e seu filho estava ferido. Aqui, este é o lugar onde nós os vimos.'

Os oficiais examinaram as manchas vermelhas. 'Bem, parece um roubo bem planejado. Vamos verificar as imagens do circuito interno de TV', disse o oficial.

Mas, para seu espanto, a câmera naquela parte do estacionamento estava em reparos. Scott perdeu sua única chance de rastrear a identidade de Amanda. Ele pegou um táxi para casa com sua família depois que os policiais lhe garantiram que logo encontrariam seu carro.

Um desapontado Scott tentou rastrear seu carro com o recurso de localização, mas não teve sucesso. Ele não conseguia pensar em nada além de esperar a resposta dos policiais.

'Droga! O número dela está desligado!' ele gritou. Ele ficou ansioso a noite inteira, muitas vezes verificando do lado de fora para ver se os policiais chegariam com alguma atualização.

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pixabay

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pixabay

A noite se transformou no pior pesadelo para Scott, pois ele não conseguia parar de pensar em seu carro roubado. 'Eu sabia que ela parecia suspeita', disse Rebecca. 'Eu lhe disse várias vezes para não confiar em estranhos, e você nunca me ouve.'

'Querida, por favor, você pode parar?' Scott implorou. 'Eu já estou chateado, e agora, eu só posso pensar em como pegar nosso carro de volta. Por favor, pare de me irritar!'

Scott passou a noite inquieto e adormeceu desapontado. Um veículo buzinou do lado de fora de sua casa no dia seguinte, e soou muito familiar.

'Querida, acorde!' gritou Rebeca. 'Scott, acorde! Acho que tem alguém lá fora.' Ansiosos, o casal foi até a porta principal. Scott teve o choque de sua vida depois de abri-lo.

'Oh meu Deus! Nosso carro!' ele exclamou surpreso. 'E quem é você?' ele disse ao homem que desceu do banco do motorista. Scott engasgou em choque quando Amanda, e seus três filhos saíram do carro também.

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

'Você???' Scott gritou para ela. 'Como você ousa roubar meu carro? Eu confiei em você! Espere até eu denunciá-lo para a polícia...'

O homem com Amanda interrompeu Scott. 'Sr. Davis. Por favor, acalme-se. Eu sou Ralph Moore, e esta é minha esposa, Amanda', disse o homem. 'Ei, Sra. Davis! Como você está?'

'Sua esposa???' Scott engasgou em choque. 'E como você conhece minha esposa? Espere um minuto... o que está acontecendo?'

'Podemos entrar e conversar um minuto? Vou explicar tudo.'

Hesitante e confuso sobre o que estava acontecendo, Scott convidou os estranhos para sua casa.

'Sua esposa encenou o ferimento de seu filho e levou meu carro ontem à noite', reclamou Scott. 'Já denunciamos à polícia, mas não entendo o que está acontecendo agora.'

'Sim, Sr. Davis. Recebi a reclamação', disse Ralph.

'Você recebeu a reclamação? O que você quer dizer?' perguntou Scott. E foi aí que outra verdade se revelou.

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

'Sou do departamento. Amanda e sua esposa são amigas. Na verdade, estávamos gravando um curta-metragem para divulgar por que as pessoas não devem confiar em estranhos com seus carros ou qualquer outra coisa', disse Ralph. 'Você deve estar ciente dos roubos de carros em nossa casa. Decidimos filmar um roubo encenado e torná-lo o mais autêntico possível para espalhar a mensagem!'

Descobriu-se que Ralph e sua equipe estavam no estacionamento, filmando a reação de Scott ao roubo. Rebecca estava ciente disso e se juntou aos policiais para ajudar na causa. Ela também queria ensinar a Scott uma lição importante sobre por que ele não deveria confiar em estranhos novamente.

'Nossa mensagem principal era não confiar em estranhos e na importância de ligar para o 911 durante uma emergência. Você fez exatamente o que tínhamos em mente!' acrescentou o oficial. 'Os golpistas podem facilmente abordar pessoas inocentes disfarçadas, e queríamos que as pessoas estivessem cientes disso.'

'Caramba, policial! Quase perdi pensando que meu carro foi roubado!' Scott exclamou aliviado.

'Bem, Sr. Davis. Agradeço sua participação genuína. Teríamos devolvido seu carro ontem, mas ele quebrou. Tivemos que consertá-lo e levou uma noite inteira na garagem. Também o reabastecemos como um sinal de nossa gratidão', disse o oficial.

O curta-metragem logo fez rodadas na página de mídia social do departamento. Scott e sua família foram mencionados como 'atores' no aviso. Scott ficou bastante famoso por suas reações genuínas quando o estranho se aproximou dele pedindo ajuda.

Daquele dia em diante, Scott e as pessoas que assistiram ao curta ficaram cientes da importância de não confiar cegamente em estranhos. Por fim, ele e o oficial Ralph tornaram-se bons amigos e frequentemente discutiam novas táticas para espalhar a conscientização para as pessoas!

  Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

Apenas para fins de ilustração | Fonte: Pexels

O que podemos aprender com essa história?

  • Ajude os outros, mas garanta que eles sejam confiáveis ​​e genuínos. Quando Amanda se aproximou de Scott pedindo ajuda para salvar seu filho ferido, ele cegamente deu a ela as chaves do carro sem verificar suas alegações.
  • Não confie em ninguém cegamente sem verificar sua identidade. O principal objetivo de Amanda se aproximar de Scott para pegar as chaves do carro era filmar suas reações secretamente e espalhar a conscientização sobre por que as pessoas não deveriam confiar cegamente em estranhos.

Cansado de viver uma vida que não vale a pena lembrar, Will conheceu uma mulher desesperada em um vestido de noiva em sua porta um dia. Depois de ouvir a história dela, ele decidiu vender sua casa por um motivo surpreendente. Clique aqui para ler a história completa.

Esta peça é inspirada em histórias do cotidiano de nossos leitores e escrita por um escritor profissional. Qualquer semelhança com nomes ou locais reais é mera coincidência. Todas as imagens são meramente ilustrativas. Compartilhe sua história conosco; talvez mude a vida de alguém. Se você gostaria de compartilhar sua história, por favor envie para info@vivcello.org.